quinta-feira, janeiro 08, 2009

P.J.

Foto: Fotoguima e http://ovimaranes.blogspot.com

Não vou desculpar a derrota de ontem do Vitória com a arbitragem.
Perdemos porque sofremos golos infantis,não conseguimos jogar o suficiente para dar a volta ao resultado,não temos equipa a´altura dos nossos pergaminhos quanto mais soluções no banco.
Mas isso são outros contos.
Este post refere-se apenas ao estado miserável da arbitragem em Portugal.
E já agora ao não menos miserável estado da imprensa desportiva.
Um sujeito que não marca a grande penalidade que a imagem documenta (e realce-se a excelente visibilidade do lance) não tem condições para arbitar nem um jogo de matraquilhos.
Porque não é competente,não é isento,não é sério.
Como é que um "artista" destes chega a árbitro internacional só não é um mistério digno de solução policial porque estamos no futebol português.
E como estes andam muitos por aí.
Por outro lado a porcaria da imprensa desportiva que vamos tendo, de uma subserviência escandalosa a tudo que é vermelho ou azul (depende dos orgãos) devia á volta disto fazer o mesmo ruido que fizeram á volta da arbitragem de Pedro Henriques no SLB-Nacional.
Porque se este foi o erro mais escandaloso outros houve sempre a favorecerem o "aflito" que precisava de redenção a qualquer custo.
Não fossem os adeptos fazerem-lhes outra "espera" como na Trofa !
Qual quê.
Leiam-se os jornais de hoje e constate-se a realidade.
O Benfica ganhou...está tudo bem.
Como compreendo que o SLB tenha deixado de pagar prémios de vitória aos seus jogadores.
De facto não há necessidade !
Depois Falamos

8 comentários:

Pantic disse...

Concordo em tudo, assim claro que os outros clubes não têm adeptos, cada vez tenho menos vontade de ir ao futebol e então contra os protegidos e não grandes como muitos os chamam, ainda tenho menos.
Dr Cirilo, o futebol apenas é a imagem do País, o País aonde a incompetência é premiada tal como a falta de carácter e aonde só chega a árbitro internacional quem tem muitos amigos... se é que me percebe.

João Carvalho disse...

Apenas discordo com a parte do não termos jogado o suficiente. Jogamos muito para o que tem sido habitual esta época (á excepção de vila do conde). Quanto ao ROUBO descarado e á sorte desses tipos em Guimarães já tou mais que habituado, são quase 20 anos a ver o maesmo filme. Isto só muda quanto os 29 clubes que fazem parte da liga se unirem e tomarem medidas sérias para mudar isto. Incluindo algums boicotes sérios á imprensa. Pode ser que indo ao bolso desses senhores isso lhes doa e aprendam a lição.

Luis Melo disse...

Não posso concordar mais com o que diz sobre os árbitros (Olegário em particular) e os media.

Uns e outros são uma vergonham desacreditam o futebol português.

Mas conseguem fazê-lo porque a maioria dos adeptos de bola em Portugal são benfiquistas.

Gente que depois de 4 derrotas (uma com o último classificado da liga) de uma exibição fraquíssima em Guimarães (2 contra-ataques = 2 golos), da constatação da desilusão de Reyes, Aimar, Di Maria, Balboa e outros... ainda se sentem muito contentes e acham que o seu clube continua a ser um dos grandes mundiais.

Dá vontade de rir...

Vimaranes disse...

E face à imagem que não deixa dúvidas que Olegário estava com visibilidade total para o lance, sem obstáculo e por isso em por isso em posição privilegiada para o ver, creio que não podem restar dúvidas que agiu por má-fé. Ou melhor, não agiu por falta de coragem. Nada a que já não estejamos habituados.

José Alves disse...

É a sociedade em que vivemos.
Acho que o grande culpado foi D.Afonso Henriques quando apos a tomada de Lisboa,permitiu que os mouros sobreviventes construíssem um bairro que ainda hoje existe,Bairro da Mouraria,que parece ter parido tudo o que é jornalista dos orgãos de comunicação social nacional,ou seja,ainda temos de levar com estes resquicios dos mouros.

luis cirilo disse...

Caro Pantic:
Então não percebo !
Acho que o futebol português está mergulhado na lama.
Perante a complacência de todos os poderes.
Caro João:
Não vi o jogo,apenas o resumo,e por isso aceito de bom grado a opinião.
Agora uma coisa é certa: se os tais 29 não se unirem continuarão a fazer de figurtantes numa peça onde nunca os deixarão interpretar mais do que papeis secundários.
Caro Luis:
Não tenho a menor duvida em afirmar que uma das provas do atraso cultural de Portugal é a existência dos tais milhões de benfiquistas.
Que veêm televisao e compram jornais e assim condicionam uma imprensa de sarjeta na sua maioria.
Note-se que tenho o maior respeito pelos benfiquistas de Lisboa.
Caro Vimaranes:
Até da área do Nilson se via que era penalty.
Só que ele nunca seria marcado.
Porque o "sistema" tinha decidido que o SLB ganharia em Guimarães para o descalabro não ser total.
É por isso que cada vez mais detesto a vigarice pegada que´o nosso futebol é.
Por isso vejo na televisão o Vitória(quando nao posso ir aos estádios)e de resto...zero.
Se estiver a dar um jogo da Liga Sagres e em simultaneo jogos de Espanha,Inglaterra ou Itália do jogo de cá nem o resultado quero saber...
Caro José Alves:
O nosso primeiro Rei não será o grande culpado passe a sua ironia.
Culpados,e muito,são os maus profissionais da comunicação social.
E todos aqueles,milhões infelizmente,que em vez de apoiarem os clubes das suas terras andam a apoiar outros.
Em Guimarães será um fenómeno residual mas aqui á volta tem significado.

Rui Rodrigues disse...

Chamo a atenção para a cara de parvo do árbitro.
Tem mesmo cara de parvo.
Mas faz de nós todos parvos.
O Milinho deixa e o Cajuda aplaude.
O Vasco Truques deve ter ido para Braga no fim do jogo que nem um gaio...

luis cirilo disse...

Caro Rui:
Não sei como foi para Braga o vasco Santos.
Mas por mim escusava de voltar.