domingo, outubro 18, 2015

Fabuloso

Ronaldo acrescentou ontem, frente ao Levante, mais um recorde a juntar ao seu fabuloso currículo.
Ao marcar o segundo golo dos madridistas conseguiu, em simultâneo, o seu 324 golo pelo Real Madrid no que o transforma no maior goleador de sempre na História do colosso espanhol.
E conseguiu esse marca em apenas 310 jogos o que lhe permite a também uma fabulosa média acima de um golo por jogo!
Simplesmente notável.
Especialmente se considerarmos que até ontem dividia esses estatuto de máximo goleador do RM com Raul,  outra lenda dos merengues  que esta semana anunciou o seu fim de carreira, mas este para para marcar os tais 323 golos precisou de 741 jogos.
E se constatarmos que para chegar à liderança isolada do ranking dos goleadores do Real Madrid Cristiano Ronaldo teve de ultrapassar nomes míticos do clube como Alfredo Di Stéfano e Hugo Sanchez, para além do citado Raul ou de Carlos Santillana e Fernando Morientes, melhor se avaliará a dimensão da proeza do grande jogador português.
Que aos trinta anos, e com mais meia dúzia de carreira pela frente, torna impossível prever até onde irá em termos de golos, de recordes, de troféus individuais e colectivos.
Mas seguramente que vai deixar para os que vem a seguir fasquias de ultrapassagem muito ,mas muito mesmo, difíceis de superar.
Pessoalmente sou de há muito um admirador do futebol de Ronaldo.
Que considero que é um dos melhores futebolistas mundiais de sempre, pese embora o ingrato que é comparar jogadores de épocas muito diferentes, e um dos dois melhores da actualidade sem entrar nessas ridículas discussões ,tão do agrado de alguns, sobre se é ele ou Messi o melhor.
Tal como em relação a Mozart ou Chopin, que são muito melhores de ouvir do que discutir qual o melhor músico e compositor, também prefiro ver deleitado o futebol de Ronaldo e de Messi ao invés de perder tempo a discutir qual dos dois é superior.
Fiquei, pois, muito satisfeito com mais este recorde de Ronaldo.
E,confesso, satisfeito com a "azia" de muitos espanhóis (até adeptos do RM nalguns casos) pelo facto de o maior goleador de sempre do Real Madrid ser português.
Bem feito.
Depois Falamos

7 comentários:

Anónimo disse...

Caro Luís Cirilo, então não há crónica do jogo da Taça de Portugal, Penafiel VSC? Será que o Rambo Sãozinha como alguns adeptos do VSC chamam vai resistir a esta vergonha da eliminação? Já vai em 4 jogos e 4 derrotas! Ainda bem que o A.Salvador o despediu, porque está a fazer um excelente trabalho, nada que o Luís Cirilo não temesse. Não se esqueça do que disse o ano passado, que o Sérgio Conceição ia ser despedido pelo Braga e que nenhum clube o ia contratar, porque era demasiado fraco como treinador. Foi-se a Liga Europa, foi-se a Taça da Liga, foi-se a Taça de Portugal, só resta mesmo a DESCIDA DE DIVISÃO. No início desta época o Luis Cirilo disse que o VSC com este plantel ficava em 4º lugar e o SCBraga em 5º lugar (tinha o pior plantel dos últimos anos????). Não acha que é ao contrário? Parece que o efeito de se "colarem" ao Porto e ao Pinto da Costa não está a funcionar, porque o Pinto da Costa só mandou e manda refugo para o VSC, como forma de vingança da queixa à UEFA do VSC no tempo do Emílio Macedo. A LUTA PELA MANUTENÇÃO ESTÁ À VISTA! Mas podem descer de divisão, sempre podem pagar 1 milhão pela subida a algum clube que esteja nos primeiros lugares, como aconteceu com o Rio Ave em 2005/2006. E assim continuam os campeões do Minho de presenças na 1ª Divisão! PRESENÇAS DA BATOTA!

luis cirilo disse...

Caro Anónimo:
Mantenho o que escrevi sobre o Sérgio Conceição.
Quanto ao resto é a sua opinião não a minha.
Relativamente ao milhão de euros que alguém terá pago ao Rio Ave essa sua afirmação (repetida) só prova que o anonimato nas redes sociais é muitas vezes sinónimo de uma estupidez profunda.
E batoteiro é você.
Que calunia ao abrigo de uma anonimato cobarde.
Só publiquei porque é bom que se perceba o "nível" de alguns adeptos do segundo clube do Minho e terceiro da cidade de Braga a seguir ao Benfica e ao Porto.

Jose Faria disse...

Caro Cirilo,

Vem sempre com o mesmo argumento do segundo clube do minho e do bla bla pardais ao ninho.Esqueça la isso que já não cola.

Para quem estava com tanta basófia no inicio do ano, ultimamente anda muito caladinho. Até deixou de ver os jogos do vitorinha. Dizia o Cirilo no inicio da época " Tivesse o vitoria um treinador que desse mais garantias e eu consideraria que ficar com menos de 10/12 pontos de avanço sobre o Braga seria um fracasso". Upss...

Taça da Liga, adeus. Taça Portugal, adeus, Liga Europa, adeus! Só não digam é adeus ao Serginho...pois está no clube certo!


Termino com um apelo: continue a fazer as sua cronicas do vitoria. caso contrario ainda o começamos a apelidar de adepto de vitorias. x)

Continuação,
Jose Faria

Anónimo disse...

SUBIDA DE DIVISÃO COMPRADA AO RIO AVE

Feita a introdução, digo-lhe que em 2006/07 a subida de divisão nos custou muito dinheiro. E quando falo em dinheiro, não esqueço o que foi necessário para trazer Cajuda do Zamalek. Mas o grosso foi investido na recta final do campeonato. Recordo que Cajuda entrou muito bem, a ganhar em Portimão, mas seguiram-se 3 derrotas e 1 empate, que empurraram a equipa para um confrangedor 11º lugar a 9 pontos dos lugares de subida. A mestria de Cajuda, permitiu, no entanto, dar a volta e arrancar decididamente para uma série final de 10 vitórias e 3 empates, mas, para que isso fosse suficiente, era necessário que os outros candidatos fossem perdendo a vantagem que já levavam amealhada. Quando a 5 jogos do final do campeonato, com 15 pontos por disputar, o Vitória alcançou, finalmente, o 3º lugar percebeu-se que Rio Ave e Leixões estavam ainda longe. Aproveitando as boas relações (que ainda duram) entre VSC e RAFC e em função da rivalidade que os peixeiros de Matosinhos nutrem connosco não permitir qualquer tipo de acordo, a direcção do Vitória "comprou" a subida de divisão aos vilacondenses por uma verba a rondar o milhão de euros. Para surpresa dos portugueses (dos poucos que ligavam a uma Segunda Liga sem equipas B dos clubes do sistema), o Rio Ave que ao cabo de 25 jornadas tinha apenas 3 derrotas e 50 pontos amealhados (mais 8 que o Vitória), caiu num abismo de derrotas: primeiro em casa diante do penúltimo classificado, Portimonense; depois a goleada no D. Afonso Henriques; a 3ª consecutiva surgiria novamente nos Arcos, diante do Gondomar; a série fechou com chave de ouro em Olhão. 4 derrotas consecutivas, quando nos 25 jogos anteriores tinha perdido apenas por 3 vezes, passando de uma vantagem de 8 pontos para o Vitória para uma desvantagem de 4, a faltar apenas uma jornada para o final do campeonato. Estava consumada a subida do Vitória, o que até possibilitou aos vilacondenses voltar às vitórias na última jornada, encurtando para 2 os pontos de atraso para o Vitória. Felizmente o Leixões não desarmou e foi campeão (lol), não queria nada ter esta taça no nosso Museu.

Pedro Pereira disse...

Bem haja Sr. Luís Cirilo pelo seu desportivismo. Eu enquanto amante do Futebol e do Sporting sempre me congratulo com os feitos do Cristiano Ronaldo. E já vão quatro botas de ouro no curriculum.

Anónimo disse...

Caro Luis Cirilo. Isso de dizerem que Braga é uma cidade de benfiquistas é um mito. Na cidade de Braga sempre houve mais bracarenses do que benfiquistas, portistas ou sportinguistas de Lisboa. O problema do benfica é que equipa de vermelho e as cores sempre se confundiram. Toda a agente sabe que o benfica em qualquer parte do mundo, país, cidade, rua ou café, tem sempre mais adeptos do benfica. As direções do Braga no 1º de Maio vendiam muitos bilhetes para a bancada central, que eram caros e davam uma boa receita e por isso mesmo se misturavam os adeptos, numa sã convivência, que agora não acontece. Experimente ir no anonimato ver um jogo SCBraga-benfica e depois diga alguma coisa. Lembra-se o que disse Pimenta Machado quando assumiu a presidência do VSC? Que era tempo dos sócios do VSC deixarem de ser adeptos de um 2º clube, benfica, Sporting, Porto. Quanto ao meu anonimato, não vou colocar aqui o meu bom nome sujeito a retaliações estúpidas e cobardes de gente sem escrúpulos. Seria cobarde da minha parte se eu colocasse um nome qualquer, como Teotónio Zé da Broa, ou outro qualquer. O Luis Cirilo pode colocar aqui os comentários que quiser e manobrar a seu belo prazer, mas eu não. Colocar aqui o nome é assim tão importante? O seu problema é que a verdade dói, dói a todos. Termino com um ditado popular "PELA BOCA MORRE O PEIXE"!

luis cirilo disse...

Caro José Faria:
Quando precisar de orientação editorial para o meu blogue abro um concurso de ideias fique descansado.
Mas para já vou-me bastando a mim próprio para decidir sobre o que escrevo.
Não vi alguns jogos do Vitória,é verdade, mas isso nada tem a ver com os resultados.
Essa é a lógica de Braga não de Guimarães.
Não vi porque tinha compromissos que me impossibilitaram de o fazer.
O de ontem,por exemplo,já vi.
E repito o que disse semanas atrás.
Tivesse o Vitória um treinador de qualidade( e uma gestão desportiva capaz) e o 4º lugar não nos escapava.
Assim...é o que se vê.
Caro Anónimo:
Só invenções.
Caro Pedro Pereira:
Só não gosta do futebol de Ronaldo quem não gostar de futebol.
Eu em Espanha até prefiro o Barcelona e o Atlético de Bilbau mas isso não me tira o prazer de ver jogar um génio como Ronaldo. Mesmo que o faça pelo Real Madrid que é um clube com que não simpatizo.
Caro Anónimo:
Já vi muitos jogos em Braga entre o clube local e outros clubes que não o Vitória.
E o que afirmo sustenta-se nisso.
Quanto ao nome você lá sabe.
Eu dou,sempre, a cara pelas minhas opiniões.
Como diz o ditado popular "quem não deve não teme".