sábado, abril 30, 2016

Paixão pelo SLB

Como árbitro Bruno Paixão não presta.
Nunca prestou.
Como não prestam João Capela, Soares Dias ou Carlos Xistra entre outros.
Mas Paixão é especial.
Porque tem uma longa carreira de mais de vinte anos na primeira categoria que só pode ser justificada por ser um "tarefeiro"ao serviço do "sistema"  que comanda o futebol português e homem de mão para o que é necessário.
Tornou-se conhecido num célebre Campomaiorense-Porto em que o então portista Jardel foi marcado pelo central José Soares com recurso a técnicas de luta livre, judo, ou qualquer outra modalidade em que andar agarrado ao adversário é permitido pelas regras.
De lá para cá é um imenso historial de péssimas arbitragens, de fretes sem limite, de actuações que há muito justificavam que fosse banido do futebol se o futebol português fosse sério.
Mas não é.
Ontem foi apenas mais uma.
Entrou no relvado com a clara intenção de intimidar o Vitória com a amostragem de quatro cartões amarelos em trinta minutos, mais a expulsão de Sérgio Conceição vá-se lá saber porquê, enquanto faltas idênticas de jogadores do Benfica passavam em claro.
O máximo do despudor neste jogo foi este lance:
Em que para total surpresa dos que acreditam na verdade desportiva (não falo de muitos benfiquistas porque para esses vale tudo desde que o SLB ganhe) em vez de expulsar Eliseu pela entrada brutal sobre Hurtado...marcou falta contra o Vitória.
Na segunda parte, já com o Benfica a ganhar, o velhaco mostraria o amarelo ao mesmo Eliseu por ter dado uma suave palmada nas costas ao mesmo Hurtado!
No final da primeira parte, e por força de paragens no jogo deu cinco minutos de compensação (o resultado ainda estava em 0-0 convém não esquecer...), mas já no segundo tempo com os longos festejos do golo, seis substituições e uma longa paragem (mais de 3 minutos) para assistir o guarda redes encarnado mais as queimas de tempo dos jogadores benfiquistas deu apenas três minutos!!!
O Benfica estava a ganhar e não convinha correr riscos!
Uma arbitragem deplorável.
Que teve o seu corolário, mas aí o árbitro foi o menos culpado, na rábula de André Almeida para ser expulso de forma a limpar os cartões no jogo da taça da liga com o Braga.
O jogador do SLB já tinha visto um amarelo, que acarretava um jogo de suspensão e impedimento de alinhar na Madeira num jogo importantíssimo, mas depois de devidamente instruído nesse sentido arranjou forma de no último minuto ser expulso porque assim a suspensão é imediata,cumpre castigo com o Braga e já pode jogar na Madeira.
Um expediente que os patéticos regulamentos do nosso futebol infelizmente permitem e que o SLB não teve qualquer pejo em usar pese embora os discursos que os seus responsáveis gostam de fazer sobre verdade desportiva...
Embora não perceba tanta preocupação para por a jogar aquele que é o jogador mais banal do Benfica.
Em suma o "vale tudo" imperou, o SLB ganhou, e Bruno Paixão uma vez mais foi o "pau mandado" que deu jeito a quem não olha a meios para ser campeão.
O futebol português, esse, tem o que merece!
Depois Falamos.

P.S Tenho muita pena que Rui Vitória, agora que está do outro lado, se tenha esquecido do que disse durante quatro anos e das vezes em que lutou, quase sempre sozinho, para que as arbitragens dos jogos do Vitória tivessem verdade desportiva.

18 comentários:

Anónimo disse...

Se esse individuo elegeu como projecto de vida tornar-se mais um escrôto da sociedade pode orgulhar-se de ser um dos mais bem sucedidos nessa àrea.

A.C. 1970

luis cirilo disse...

caro A.C.1970:
Isso não sei.
Mas sei que quando abandonar o futebol será excelente.
Ele é dos que o anda a poluir

cards disse...

Caro Luis Cirilo, Bruno Paixão esteve mal prejudicou as duas equipas.
Benfica:
Vejamos existe um penalti a favor do Benfica sobre Mitroglou.

Vitória S.C.:
Expulsão desnecessária de Sérgio Conceição.
Eliseu poderia ser expulso no lance com Hurtado que o árbitro marcou falta de Hurtado.

Quanto aos amarelos as jogadores do Vitória foram bem mostrados, faltou mostrar 1 aos 2 minutos numa entrada assassina sobre Pizzi.

luis cirilo disse...

Caro cards:
O pénalti sobre Mitroglou, caso tenha existido o que nenhuma imagem confirma em definitivo, fica para abater aos três que não foram marcados na primeira volta pelo Xistra. Aliás neste jogo há um lance sobre o Otávio,creio, na área do SLB que deixa muitas duvidas.
De resto se Eliseu fosse expulso,como seria se jogasse pelo Vitória, todo o jogo seria diferente porque jogar com 10 não é a mesma coisa.
Não vi nenhuma entrada assassina no jogo que não fosse a de Eliseu sobre Hurtado mas vi entradas de jogadores do Benfica passarem sem amarelo (Eliseu sobre Licá por exemplo) que do outro lado em jogadas idênticas valeram amarelo aos jogadores do Vitória.
E os descontos? Nada a dizer? 5 minutos na primeira parte e apenas três na segunda quando deviam ser pelo menos seis.
Quanto à expulsão de Sérgio Conceição é uma barbaridade porque ele não fez nada para merecer admoestação quanto mais vermelho.
Não caro cards.
Se prejudicou as duas equipas prejudicou muitissimo mais o Vitória.
É o "vale tudo".

Anónimo disse...

Caro Luís Cirilo.


O jogo foi ontem. Hoje já passou. Hoje na TV não mostra nada disso...

Como é difícil explicar estas coisas a quem só vê o resumo dos jogos e as analises nos programas desportivos. Enfim... Para o meu filho continuo com um regime duro para ele perceber o que é o Vitória. Tento ver qualquer coisa de futebol na TV e só dão os 3 do costume... Quando aparecem os emblemas desses clubes ele já sabe o que lhe pergunto e já sabe o que tem de responder.

Mais uma vez o post script está muito bem. É por isso que não gosto do Rui Vitória. Eu não o queria no Vitória outra vez nem de borla. É outro "pau mandado". Gostava de ter visto, apenas metade, dos discursos que teve no Vitória e vice-versa.

Esta época esta a "correr bem", mas esta fase vai passar e ele vai provar que percebe pouco de futebol. Infelizmente, desconfio que para o ano, o clube mais representativo da cidade do Porto vai voltar a ter o "controlo do jogo".


Fernandes.

Paulo Sousa disse...

nem falo do jogo pois meteu nojo em excesso! apenas acho engracao em qualquer resumo disponivel nao ser disponivel ver o lace assassino do eliseu e aquele lance em que Otavio foi completamente ceifado a entrada da area.
dois jogos contra esse pseudo grande, duas derrotas pela margem minima, duas arbitragens como eles gostam.
quanto as declaracoes do grandioso treinador que por aqui ja passou, so digo que tenho vergonha de ja ter visto aquele vendido no nosso banco a usar um fato com o nosso simbolo.

JRV disse...

Caro Cirilo,

O rui só confirmou, mais uma vez, aquilo que já venho apontando há anos: é medíocre como treinador e, infelizmente para ele, também deixa muitíssimo a desejar como pessoa. As galinholas da buraca são, por isso, o clube certo para ele. Merecem-se.

O nível da arbitragem está dentro do habitual nos jogos do buraca. Tivesse o Vitória marcado e o escândalo teria tomado proporções ainda mais biblícas; iamos ter a oportunidade de ver o ponta-de-lança de apito na boca a fazer mais algumas das suas.

Quanto ao choro de algumas galinhas, enfim. São uma imagem nítida do atraso cultural deste país. Sinto imensa revolta com o facto de os impostos que pago servirem para sustentar alguma dessa escumalha subsídio dependente.

Cumprimentos,

Anónimo disse...

Caro Luis Cirilo,

Infelizmente, o conteúdo do meu último comentário saiu reforçado após o jogo, com alguns outros "pormaiores" a acrescentar, ou seja:
1. O eterno candidato a Presidente da Liga de Clubes, Júlio Mendes, continua com o seu ar estadista e institucional, permitindo que continuem a desrespeitar esta grande instituição, porque está a sobrepor os interesses pessoais aos interesses do VSC! Depois das infelizes palavras sobre o estado atual da arbitragem, e de mais uma vez se ter assistido a uma manipulação de um jogo por parte da equipa de arbitragem (não é preciso existirem penáltis ou fora de jogos polémicos para que seja considerado como tal), nada diz sobre o assunto! Esquece-se que também ele não está a respeitar os nossos valores e os nossos costumes. Pode não querer a continuidade do SC, pode não corroborar com as opiniões de SC, ..., mas acima de tudo e todos está o VSC e os superiores interesses deste clube.
2. Independentemente das razões que possam (?) os jogadores ter contra SC e os seus métodos de trabalho, jamais poderei aceitar que coloquem em causa os superiores interesses deste clube. Não posso admitir que estes mesmos jogadores, com o mesmo sistema tático apresentado contra o Estoril (sim, Luis Cirilo), tenham uma qualidade de jogo e de postura bastante superior (mesmo com as deficiências já subitamente enunciadas anteriormente e comummente aceites por todos) comparativamente aos anteriores jogos, que foram vergonhosos! Revejo este método em clubes pequenos e que não posso aceitar!! O VSC terá que pensar alto, com mentalidade ganhadora e com coerência da nossa identidade de jogo para jogo, época para época! E esta mensagem é da responsabilidade da direção, e todos aqueles que não possuam estas características, não podem defender as cores do VSC, inclusive elementos da própria direção!!!
3. Continuamos a perder identidade e peso no futebol nacional, chegando ao ponto de sermos descaradamente prejudicados quer pelas arbitragens quer através da dualidade de critérios por parte dos órgãos da Liga de clubes, e esta direção simplesmente não reage! Reflexo disto tudo, são os constantes atropelos e camuflagem da verdade desportiva por parte da maioria da Comunicação Social e sempre contra o nosso VSC!

Resumindo, urge uma reflexão muito profunda sobre o presente e futuro deste clube, sem esquecer o passado recente! Sinto que JM não tem condições para continuar a presidir clube e SAD, porque não se identifica com os Valores e objetivos do VSC. Defendo a saída de Flavio Meireles (não entendo as suas (in)competências e funções na estrutura) e a contratação de um quadro que mais do que tudo, entenda o “mundo” do futebol e não apenas o VSC porque para isso existem milhares de candidatos ao lugar! Mesmo sentindo que SC não é o maior culpado, acho que atendendo a muita coisa que se passou no interior do clube, não deva continuar! Mas, antes mesmo de contratar o próximo treinador, primeiro é necessário mudanças na estrutura do futebol e na estratégia e mentalidade, caso contrário, será mais do mesmo, porque o maior problema é interno! Mais defendo um ajustamento qualitativo do plantel, com alguns jogadores com experiência e que possam ajudar a potenciar as nossas promessas (??)! Mas sobre isto, muito haverá por falar.....

Quanto a RV, seria incoerente se não dissesse que terá que defender o seu clube, contudo, não posso aceitar que o faça através de uma argumentação abusiva, incorreta e desfasada da realidade dos fatos. Para ele, apenas uma mensagem: “Shame on You!!

MC

cards disse...

JRV, tenho pena de ti pois certamente chumbas-te a Português e Biologia que são das disciplinas mais fáceis,uma porque é a nossa língua materna e outra basta ver bons documentários.
Mas um bom burgesso, certamente prefere ver A quinta ou love on top do que bons documentários.

Anónimo disse...

Eu não pretendo alimentar polémicas,mas esse cards qualquer não me ficou indiferente a forma como tratou o JRV.Se o proprietário deste Blogue não concordar com a resposta que este imbecil merece ter e apagar,ele a terá no blogue desse estúpido ser.
Doeu-lhe muito a realidade que o JRV desctreveu e passaou logo ao ataque gratuíto,desmascarando-se e mostrando a realidade do lampiolhoso bosta,anormal e escrôto que você é,e todos desse chiqueiro onde chafurdam são.
Os da quinta podem considerar-se doutores em comparação com as bestas quadradas,asquerosas e imundas que são estes lampiolhosos.
VIVA O VITÓRIA E OS VIMARANENSES COMO MAIS GENTE QUE SÃO E DE MAIS CARACTER DO QUE ESTES RASTEJANTES QUE ANDRAJAM PELA PORTA 18 !

A.C. 1970

JRV disse...

Caro cartas,

Não frequentamos a mesma escola; não haviam por lá galinhas. Como é evidente, não partilho dos seus gostos televisivos nem dos seus latentes problemas de interpretação e compreensão. Mas imagino que seja feliz assim, como um parolo; afinal, ignorância é felicidade.

Lamento pelo tom, caro Cirilo.

Cumprimentos,

luis cirilo disse...

Caro Fernandes:
A televisão portuguesa é simplesmente nojenta na forma como trata o futebol.
São uns capachos sem categoria de três clubes.
Eu se mandasse no Vitória em semana anterior a jogos com esses clubes proibia declarações ás televisões pura e simplesmente.
Respeito absoluto pela lei, permissão para recolha de imagens no período regulamentado mas mais nada. Desprezo absoluto.
Quanto ao Rui Vitória faz parte da nossa História mas duvido que faça parte do nosso futuro.
Caro Paulo Sousa:
As televisões são cumplices do "sistema". Sempre foram.
Quanto ao RV acho que devia ter outra postura até em respeito pelo que disse no passado.
Mas as coisas são assim.
Caro JRV:
Apenas lhe digo que o que se passou na Luz esteve dentro do que é "normal" naquele estÁdio.
Mudam os protagonistas, passam os anos, mas os roubos de catedral mantém-se.
Caro MC:
Concordo com grande parte do seu comentário.
Há muito que venho dizendo que um dos maiores problemas do Vitória, senão mesmo o maior, é a falta de liderança.
De uma liderança que perceba os valores do clube, o seu percurso histórico, e aja em funçaõ disso e dentro daquilo que os adeptos exigem.
Nomeadamente denunciando os atropelos de que somos vítimas com a firmeza necessária.
Não lhe escondo que no tempo em que estive na direcção uma das minhas maiores divergências com o presidente tinha precisamente a ver com a política de comunicação.
Quanto aos funcionários que refere não defendo a saída de Flávio Meireles porque me parece um elemento muito útil junto da equipa. Se não faz mais é porque não o deixam.
SC parece-me que tem de ir embora mas o essencial, como refere, é mesmo a tal reflexão profunda sobre o clube que temos e o clube que queremos.
É que estamos num limbo muito perigoso.
Caro cards:
Sinceramente não percebi a sua reacção. O JRV não o citou em ponto algum do comentário que fez

luis cirilo disse...

Caros JRV-Cards-A.C.1970:
Creio que já basta de comentários desagradáveis.
Percebo a exaltação pós jogo mas isso já foi na sexta feira.
Reitero,contudo, que não me pareceu que o comentário inicial do JRV merecesse uma resposta pouco condizente com o nível dos comentários que o cards aqui costuma deixar.
Mas todos temos momentos maus

vitor...iano disse...

Caro cards,
"Chumbas-te" a português ou chumbaste?
Cump.

Pedro disse...

Caro Cirilo,

É sempre hilariante ler o "português" de alguns "eruditos", neste caso um tal Cards:"RV, tenho pena de ti pois certamente chumbas-te a Português e Biologia". Meu caro, volte para a escola para aprender a declinar o verbo chumbar.

Miguel disse...

Caros leitores,

Creio que Rui Vitória é um profissional que subiu a pulso. Da sua postura, depreendo que seja uma pessoa séria. Pelos clubes que passou deixou boa imagem. Claro que orientar o Benfica é um sonho e uma honra para muitos, e quando lá chegam têm de fazer aquilo que lhes mandam e têm de dizer aquilo que lhes mandam, e Rui Vitória como bom profissional que é, pura e simplesmente acata as ordens do patrão. Atualmente é possivel que se tenha esquecido de onde veio, o que faz dele um hipócrita, ingrato e mal agradecido. Mas a vida dá muitas voltas. Hoje por hoje, Rui Vitória é um senhor em Carnide. Daqui por 15 dias veremos. É que o seu Benfica está por um fio e o titulo ainda não está ganho.

luis cirilo disse...

Caros vitor...iano e Pedro:
Ora aí estão dois comentários que não ofendem e tem razão de ser.

luis cirilo disse...

Caro Miguel:
Concordando com grande parte do que diz creio que ninguém o obriga a dizer hoje o contrário do que dizia ontem.
Não lhe fica bem e ninguém lhe vai agradecer.
Se como diz, e é verdade, o titulo não está ganho corre bem o risco de passar do 80 de hoje para um 8 amanha