segunda-feira, maio 08, 2017

Onda Branca

Fiquei naturalmente muito satisfeito com a conquista do quarto lugar.
Porque é o "nosso" lugar, aquele ao qual o Vitória deve ser sempre o primeiro candidato enquanto não puder aspirar de forma consistente a classificações mais acima (e até já as conseguiu), e que corresponde plenamente à nossa História enquanto clube e à nossa grandeza associativa que faz de nós desde sempre o quarto clube de Portugal.
Mas não encontrei neste ou noutro quarto lugar futuro razão para especiais festejos.
É um lugar que já conquistamos muitas vezes desde os anos sessenta do século passado e que sendo natural motivo de regozijo para clubes como o Braga, Paços de Ferreira, Marítimo ou Nacional para nós não significa mais do que dever cumprido.
Que dá lugar a contentamento, a satisfação, mas não a festejos especiais.
Há é que aproveitar a boa equipa que temos,e o estado de natural empolgamento dos vitorianos que tributam um apoio sem igual aos nossos jogadores, para a partir deste quarto lugar construir e consolidar uma autêntica "onda branca", dentro e fora dos relvados, que permita ao Vitória iniciar um ciclo próprio de domínio do nosso futebol, entre os que não são candidatos ao título ,de molde a preparar num espaço não muito longo uma "assalto" aos dois primeiros lugares do campeonato.
E porque aos dois primeiros?
Simples.
Já ficamos quatro vezes em terceiro e por isso é tempo de dar os passos certos para lugares que ainda não conquistamos mas que acredito estarem ao nosso alcance, num prazo relativamente curto, face ao que tem sido a nossa evolução e às medidas tendentes a introduzirem no futebol mais verdade desportiva.
Se pensarmos que o segundo lugar já foi alcançado por clubes como Belenenses , Boavista (que também já foram campeões) Vitória FC, Académica e Braga não há nenhuma razão para pensarmos que também o Vitória não possa consegui-lo dado que em nada, bem pelo contrário, é inferior a esses clubes históricos do nosso futebol.
E depois o titulo.
Que acredito que o Vitória um dia conquistará.
E isso sim vale a pena festejar. 
O titulo (mais que qualquer outra conquista), o vice campeonato, taças de Portugal , taças da liga e supertaças.
Os troféus que já temos, os que ainda não temos e os lugares que nunca conquistamos.
Mas para isso é fundamental que este quarto lugar seja o irreversível ponto de partida para a tal "onda branca" que nos permita dentro e fora dos relvados fazermos jus à nossa alcunha de "Conquistadores" e partirmos mesmo à conquista do Portugal do futebol de forma continua e sustentada dando sinal de que o "Gigante" acordou de vez.
Seria indesculpável que a todo este empolgamento, toda esta paixão, toda esta entrega dos adeptos ao clube não correspondesse uma aposta firme e competente na equipa que na próxima época vai estar em cinco frentes (campeonato, taça de Portugal, taça da liga, liga Europa e supertaça) e em todas para ter o maior sucesso possível.
Acredito que o mais difícil está feito.
Temos uma boa equipa, adeptos entusiasmados, soluções financeiras reforçadas com o dinheiro da MEO e da Liga Europa.
Agora há que ser consequente.
Depois Falamos.

15 comentários:

A BlackSocker disse...

Habitualmente a seguir a uma boa época, sucede-se um retrocesso porque as direcções deixam-se cegar pela ganância financeira, e deixam partir os melhores jogadores, sem compensar devidamente, e qualitativamente as perdas.
Que desta vez, seja a vez de erradicar os erros do costume, e se arranque definitivamente para o patamar onde o Vitória merece estar.

luis cirilo disse...

Caro Black Socker:
Foi precisamente por isso que escrevi este texto. É mais que tempo de aprender com os erros. Que saiam os que não são nossos (e que se faça tudo para Hernâni voltar a ser) e commos restantes mais os reforços necessários construa-se uma equipa para tentar o apuramento para a Champions na próxima época. Outro retrocesso será inaceitável

Anónimo disse...

O 4º lugar é motivo de regozijo em Braga? Por favor...

luis cirilo disse...

Caro Anónimo:
Então não é?
Quase tanto como os titulos do Benfica,

Anónimo disse...

Já há acordo com a MEO ? Ainda não há informação oficial...

luis cirilo disse...

Caro Anónimo:
Sim já há.
Ronda os sete milhões de euros por ano.

Anónimo disse...

Caro Luís Cirilo relembro-lhe que uma mentira dita muitas vezes não passa a ser verdade, a não ser aos olhos dos influenciáveis. Seguindo a lógica do seu raciocínio o Sporting de Braga já só poderá almejar lutar pelo 1 lugar, o que lhe digo seria bonito ver os 2 clubes do Minho conquistarem em simultâneo classificações que ainda não alcançaram, o Sp Braga o 1 é o Vit sport Clube o 2.. Cumprimentos Gverreiros

Saganowski disse...

O sucesso desta época não deve ser excepção. Tem de ser a regra!
E para isso há que não fazer os erros que se fizeram noutras épocas, principalmente depois da conquista da taça, onde a equipa foi completamente destruída pela ganância, que tanto desequilíbrio custou à equipa de futebol do Vitória!

luis cirilo disse...

Caro Anónimo:
Onde está a mentira? EU sei aquilo porque quero que o Vitória lute e aquilo que deve ser festejado pelos vitorianos. Naturalmente os braguistas terão os seus objectivos e razões de festejo.
Concordo com o seu ponto de vista com duas ligeiras alterações. Seria bonito os três clubes do Minho terminarem a liga nos três primeiros lugares. O Vitória em primeiro, o Moreirense em segundo e o Braga em terceiro. Aí sim poderíamos festejar todos.
Não sei como pôde esquecer-se do Moreirense...
Caro Saganowski:
É imperioso para o ano manter o quarto lugar ou até conquistar melhor face à previsível crise do Sporting. O tempo é de investir e não de vender

Francisco Guimarães disse...

A mim parece-me que poderemos estar a caminho de mais um ano Zero: saída dos emprestados (são cerca de 6 ou 7 que tem lugar na equipa e plantel de caras) e saída do treinador para, precisamente, o Sporting CP.
É o meu palpite e até prova em contrário não partilho o optmismo que o ilustre blogger tem demonstrado ultimamente quando fala na próxima época, a não ser que tenha alguma inside information que alimente esse seu optimismo.

Humilhador disse...

É sempre bom e salutar ver os bracarenses virem aqui prestar-nos tributo, e procurarem inpiração em nós que somos os idolos deles ;)

Anónimo disse...

É sempre bom e salutar ver os bracarenses virem aqui prestar-nos tributo, e procurarem inpiração em nós que somos os idolos deles ;)

Saganowski disse...

Caro Luís,
Só depois do período entre o apito final no jogo do dia 28 de Maio e as 23:59 do dia 31 de Agosto, é que poderemos aquilatar do rumo da gestão do plantel sénior do futebol do Vitória.

Espero estar enganado, mas temo que nem o encaixe da entrada directa na Liga Europa, nem as contínuas opiniões veiculadas por tanta gente sobre a necessidade de investir (e manter e não vender) consigam evitar que, tal como noutros anos, possamos vir a ter surpresas desagradáveis...

Mike_the_Bike disse...

Caro Luís Cirilo,

desde o início do campeonato que eu sentia que este ano, a "onda branca" estava mais forte que noutros anos. Talvez motivada pelo treinador, que agradou desde logo a muito gente, e por um bom arranque na prova, mesmo tendo perdido o primeiro jogo (injustamente, a meu ver) com o nosso rival.
Este 4º lugar (já não devemos conseguir chegar ao 3º), apesar de ser bom, deixa-me um certo travo amargo, principalmente se contabilizarmos os pontos "perdidos" com o Tondela, com o Chaves, com o Belenenses, com o Estoril.... enfim, jogos que até começámos a ganhar e acabámos por perder/empatar.
Mas o futebol é mesmo assim, e haverá com certeza outros em que ganhámos e não merecíamos (lembro-me do Moreirense em nossa casa).
Outra coisa que não gostei esta época foi a política dos patrocínios na camisola, pode até ter sido a forma de se fazer algum encaixe financeiro, mas não gosto de ver a camisola do Vitória como sendo uma página dos classificados de um jornal, em que hoje está lá este e amanhã aquele, e com todo o respeito que me merecem os que patrocinaram o Vitória, ver o restaurante Tapiara, o Arouca Geoparque, a fábrica das etiquetas, o Café Cunha ou o Talho Boi Manso, é coisa que não me agrada muito!

Não somos os melhores do mundo por termos ficado em 4º, devemos é alicerçar o nosso futuro com resultados como estes, só assim conseguimos ambicionar mais.

Abraço
Miguel

luis cirilo disse...

Caro Francisco Guimarães:
Não sei onde descobriu esse meu optimismo quanto à próxima época.
Estou mais perto das suas preocupações do que de estados de optimismo.
Agora há uma realidade, financeira, que exige que a aposta desportiva seja superior ao que tem sido. Desde o contrato da MEO ao prémio da entrada na fase de grupos da Liga Europa que proporcionam a quem dirige um desafogo assinalável.
O passivo já nunca mais poderá ser desculpa para insucessos desportivos.
Caro Anónimo:
Assim parece.
Caro Saganowski:
Gato escaldado de agua fria tem medo e por isso só no ultimo segundo do dia 31 de agosto formularei um juízo sobre a época que poderemos fazer. Sempre condicionado pelo Janeiro seguinte.
Caro Miguel:
Em bom rigor o quarto lugar, que é o "nosso" lugar, é o posicionamento justo para o campeonato que fizemos. Podíamos ter ido mais longe? Talvez- Mas não somos sóo nós a perder pontos mal perdidos e por isso acho que a nossa classificação é justa. Para o ano, se fizermos as coisas muito bem feitas e o SCP mergulhar na crise que se adivinha, até podemos aspirar a mais. Mas cada coisa a seu tempo.
Quanto aos patrocínios estou completamente de acordo e espero que nunca mais se repita esta banalização da nossa camisola. Foi com tristeza,embora respeitando quem nela fez publicidade, que vi por lá desfilar aquilo a que chamou "página dos classificados". Que impediu os adeptos de terem camisolas iguais às de jogo e cujos proveitos financeiros ainda espero sejam divulgados.
Abraço