terça-feira, maio 16, 2017

Curiosidades da Luz

Este texto nem é sobre o jogo, propriamente dito, nem sobre as exibições dos jogadores vitorianos porque já disse o que tinha para dizer sobre isso e não disse o que entendi não dever dizer sobre isso também.
É sobre algumas curiosidades do jogo, que nem por nalguns casos serem repetidas até à exaustão,deixam de ser curiosidades deste jogo.
São sete como até podiam ser mais.
1) A primeira prende-se com Hernâni. Que nas duas primeiras vezes que "pegou" na bola sofreu duas entradas por trás que o árbitro assinalou mas "esquecendo" os respectivos amarelos para os jogadores do Benfica. Então na segunda, quando depois de dar um nó cego num defesa ia com perigo evidente rumo à área adversária foi simplesmente aberrante a não amostragem do cartão.
2) No estádio pareceu-me penálti no lance de Marega sobre o adversário . Visto na televisão é evidente que não há penálti nenhum mas apenas mais um mergulho para a piscina tão habitual nos jogadores daquele clube.
3) A terceira tem a ver com o segundo golo do Benfica naquele longo pontapé de Ederson que apanhou Jimenez uns bons dez metros à frente da defesa vitoriana. A Benfica tv fez o "favor" de não dar nenhuma repetição que esclarecesse cabalmente o lance.
4) Nada simboliza tão bem este campeonato em particular,e o nosso futebol em geral ,como a entrada em campo de Samaris aos 79 minutos substituindo Fejsa. Mês e meio depois de ter agredido Diego Ivo ,do Moreirense, a murro continua a jogar como se nada tivesse feito sendo desconhecido se algum dia lhe será aplicada a punição que amplamente merece.
5) Durante certas fases da segunda parte foram bem audíveis os "olés" dos adeptos do Benfica. Não gostando de os ouvir nem quando o Vitória está a ganhar nem quando está a perder ainda assim reconheço que fazem parte do "folclore" do futebol desde sempre. E por isso achei bem que Jorge Sousa não tivesse parado o jogo para mandar o speaker calar os adeptos.
Mas aqui fica a dúvida: Quando Carlos Xistra no Vitória-Boavista parou o jogo e mandou o speaker calar os adeptos vitorianos (sem nenhum sucesso diga-se de passagem) estava a cumprir os regulamentos? Porque ou ele ou Jorge Sousa não cumpriram. E acho que o Vitória,tão causticado com multas,devia tentar esclarecer essa questão.
6) Foi de uma ingratidão brutal os adeptos do Benfica vaiarem Pedro Proença quando ele foi chamado ao relvado para entregar o troféu de campeão nacional. O homem que até inventou uma taça para dar ao Benfica a propósito de nada ,e com o campeonato a meio ,não merecia semelhante desconsideração. Deviam era dar-lhe uma faixa de campeão que também fez por merecê-la.
7) As centenas de adeptos vitorianos foram o que de melhor o Vitória teve naquela tarde "desgraçada". Incansáveis no apoio, indiferentes ao resultado, deram uma brutal demonstração no sítio certo do que é ser-se por um clube e não pelas vitórias de um clube. 
Magníficos !
Curiosidades,é verdade, mas que tem significados muito para lá da simples...curiosidade.
Depois Falamos

10 comentários:

luso disse...

Já agora um outra curiosidade
O lance do segundo golo era fora de jogo ou não?

luis cirilo disse...

Caro luso:
As repetições da Benfica TV não esclarecem nada.
Se foi pontapé de baliza não há fora de jogo.
No estádio fiquei com ideia de que o árbitro assinalara uma falta ofensiva ao Vitória e o guarda redes do SLB foi muito lesto a repor a bola em jogo. Se assim foi trata-se do maior fora de jogo de que me lembro porque o jogador do Benfica estava dez metros adiantado À defesa do Vitória.

Anónimo disse...

Eu estava no estádio e vi outra irregularidade no Segundo golo. O Ederson poe a bola a rolar e bate para a frente sem que a mesma estivesse completamente parada. Mais uma vez não conseguimos reconfirmar por não haver boas repetições da BTV.

Anónimo disse...

LOL

luis cirilo disse...

Caro Anónimo:
Nessa não tinha reparado mas é perfeitamente natural naquele colinho sempre presente nos jogos do SLB. A verdade é que esse misterioso segundo golo traçou o destino do jogo

cards disse...

Caro Luis Cirilo,

Vamos lá desmistificar os seus pontos.

Ponto 1 Hernani sofreu de facto duas faltas perigosas ambas para amarelo, a 2 mais evidente já o Bemfica era campeão nacional logo não teve interferência no jogo.

Ponto 2 Marega empurra Cervi sendo penalti ou não já estavam 4/0 sem interferência portanto.

Ponto 3 Você sabe bem qie não existe fora de jogo em pontapés de baliza mas gosta de por dúvida só para tentar enganar as pessoas só cai quem for ignorante ou jogador do Vitoria.

Ponto 4 Se Samaris não tivesse entrado O Vitoria teria marcado 6 golos em 11 minutos. Mas aqui dou de barato Samaris deveria estar castigado.

Ponto 5 Também não gosto de oles.

Ponto 6 Proença foi apoiado por Porto Sportinf e Vitória.

Ponto 7 Concordo em termos de apoio o Vitória está num nivel superior a qualquer clube em Portugal Os vitorianos são 4 estrelas no apoio à sua equipa.

Ponto extra Como escrevi aqui em Fevereiro Jonas é 10 vezes superior a Soares o seu 1 golo mostrou bem a sua categoria, chapéu perfeito
Soares tem muito que aprender Jonas é Jonas.

luis cirilo disse...

Caro cards:
Vamos lá desmistificar a sua argumentação.
1) O Benfica ainda não era campeão porque as duas faltas foram logo no início do jogo. Mas ainda que já fosse os amarelos são para mostrar independentemente da classificação ou do momento do jogo. Foi também por causa de impunidades dessas que o SBL foi campeão.
2)Marega não empurra Cervi. Este é que seguindo os ensinamentos de um batoteiro chamado Jonas sentiu o adversário nas costas e atirou-se para o chão. O resultado em nada interessa quanto à decisão de apitar penalti. Ou é ou não é. Neste caso não era. Foi também com "penaltis" desses que o SLB chegou a campeão.
3) Em primeiro lugar fiquei no estádio com a sensação de ser falta e não pontapé de baliza. Claro que neste ultimo não existe fora de jogo. Sendo igualmente claro que a lei estipula que o pontapé de baliza se marca com a bola parada e não em movimento como foi o caso. Num ou noutro caso é um lance ferido de ilegalidade.. Foi também com lances assim que o SLB foi campeão.
4) Samaris é um caso vergonhoso do proteccionismo dado ao Benfica. É inadmissivel que mais de um mês depois de agredir um adversário continue sem punição. Foi também com colinhos destes que o SLB foi campeão.
5) Neste ponto estamos de acordo.
6) Proença foi apoiado por esses mas inventou uma taça para dar ao SLB. E como presidente da Liga bem merecia uma faixa de campeão.
7) Neste ponto, então, estamos totalmente de acordo.
Quanto a Jonas e Soares mantenho a minha. Soares é bem melhor. Até porque joga futebol de pé e não em mergulhos para a piscina

cards disse...

Caro Luis Cirilo,

Soares é um mau mergulhador, mas tenta sempre 2/ mergulhos por jobo e está todo rebentado desde Março. Nunca me meteu medo.
Jonas jogou metade dos jogos dele e tem quase tantos golos como Soares.
Jonas marca golaços Douglas que o diga...

JRV disse...

Caro Cirilo,

Invejo a elegância e indulgência com que serve palha a parolos lampiões. Os coitados, ignorantes sem paralelo como são, "embrulham-na" sem se aperceberem mas com evidente regalo.

Cumprimentos,

luis cirilo disse...

Caro cards:
O Jonas que vá para um clube como o Braga, o Maritimo, O Belenenses (no Vitória não que não apreciamos batoteiros) e quero ver quantos golos ele marca. No Benfica, onde há leis especiais e fieis executores delas, é fácil. De golos em fora de jogo a penaltis inventados vale tudo. E embora isso não conte para a qualidade futebolistica a verdade é que Jonas é um canalha malcriado, batoteiro e sem qualquer noção de fair play. Um sujeito asqueroso.
Caro JRV:
Há benfiquistas e benfiquistas. O cards é correcto na forma de exprimir opinioes e por isso lhe respondo. Há outros a que me limito a apagar os comentários