quinta-feira, setembro 15, 2016

Em Falso

Não se pode considerar que as equipas portuguesas tenham começado da melhor forma a sua participação na fase de grupos da Liga dos Campeões.
Dois empates caseiros e uma derrota forasteira são um pecúlio pobre , pese embora a derrota ter sido em cada do campeão europeu e em condições a que me referirei mais adiante,que não colocando em risco o apuramento vai obrigá-las (especialmente FCP e SLB) a correrem atrás do prejuízo.
Por partes:
O Benfica , desfalcado por lesão de Jonas, Jimenez, Mitroglou e Rafa e por impedimento regulamentar de Carlos Xistra, Bruno Paixão, João Capela e afins que tanto jeito lhe dão nas competições internas para ultrapassarem dificuldades postas pelos adversários, não conseguiu mais que um empata face a um Besiktas que em condições normais (bastariam os lesionados...) estaria ao seu alcance.
Ainda assim acredito que o o clube de Lisboa, a par do Nápoles, será apurado num dos dois primeiros lugares do grupo.
No "Dragão", o Porto sem lesionados e também sem "ajudantes" que frequentam alguns dos seus jogos a nível interno, fez um mau resultado perante o Copenhaga e agora terá de procurar fora aquilo que perdeu em casa.
Sem mais distracções, e mesmo considerando a evidente crise estrutural que por lá se vive, o Porto tal como o Benfica deverá apurar-se para a fase seguinte sem dificuldades de maior porque é claramente, a par do Leicester, uma das duas melhores equipas do seu grupo.
Resta o Sporting.
Que perdeu em casa do campeão europeu em título Real Madrid, uma equipa incomparavelmente melhor que Besiktas e Copenhaga, mas fazendo uma bela exibição e quase conseguindo vencer porque os espanhóis apenas conseguiram empatar a um minuto do fim e fizeram o golo do triunfo no ultimo minuto do tempo de compensação.
O Sporting deixou uma excelente imagem em Madrid, mostrou a ambição europeia que noutros anos lhe faltou e provou que Jorge Jesus é de facto um excelente treinador que meteu Zidane num bolso pequeno.
Pode ser especulativo, admito, mas creio que com Slimani e João Mário os leões teriam regressado do Santiago Bernabéu com os três pontos.
Ainda assim há que considerar que face ao poderio de Real Madrid e Borussia Dortmund dificilmente o clube de Alvalade pode aspirar a um dos dois primeiros lugares do seu grupo.
Mas as contas fazem-se no fim.
Depois Falamos

P.S. No jogo que mais me interessava o Barcelona esmagou o Celtic por um robusto 7-0 eivado de golos espectaculares. Por Camp Nou passa uma forte candidatura ao título europeu desta época.

4 comentários:

JRV disse...

Caro Cirilo,

Julgo que tanto os lampiões como os corruptos não têm razões de queixa dos árbitros que lhes calharam em rifa.

Em lisboa ficou um penalti evidente por assinalar a favor da equipa turca.

No porto, em que a equipa da casa, mais uma vez, jogou em superioridade numérica, a expulsão do jogador dinamarquês resulta de uma grosseira simulação. A decisão do árbitro foi absurda.

Cumprimentos,

luis cirilo disse...

Caro JRV:
As arbitragens deram para eles não perderem.
Mas não deram para ganharem como acontece tantas vezes na Liga

De Guimarães disse...

benfica e porto igualaram.se aos adversários também na vulgaridade !
O Sporting estav a dar um recital até que o,mais uma vez o Jesus inventou errando nas substituições que fizeram a equipa perder acutilância no ataque,e também perder o meio-campo !
Aquela "refra" de que os menos favoritos não devem sentir tanto a pressão,e jogar mais à vontade,foi cumprida aí a uns...75%.
Em Braga,uma das equipas poupou-se nitidamente para o próximo jogo do campeonato,e a outra parecia estar a jogar em casa,tal o à vontade,e o dominio que exerceu do 1º ao último minuto de descontos ! Podem considerar-se derrotados por terem empatado !

luis cirilo disse...

Caro De Guimarães:
De facto o nosso campeonato está nivelado por baixo.
E não é só na qualidade do futebol