sexta-feira, julho 17, 2015

Serenamente

Serenamente, e até com alguma pedagogia, é preciso dizer o seguinte.
A massa associativa do Vitória não é um rebanho de carneiros forçada a seguir um pastor sob a vigilância de alguns cães de guarda.
Tudo isto em sentido figurado como é óbvio.
E digo isto face ao que constato na minha e noutras páginas de facebook, bem como no meu blogue e nalguns fóruns onde se discute a actualidade do clube, em que qualquer critica ou divergência a decisões da direcção/administração da SAD atrai de imediato as invectivas (ás vezes bem malcriadas) de alguns pseudo guardiões do vitorianismo que de imediato "excomungam" da fé vitoriana aqueles que não pensam como eles.
A ladainha é conhecida.
Para uns é a "obrigação" de se candidatarem para fazerem melhor como se ter opinião obrigasse a candidaturas fosse ao que fosse.
Depois é o resto que se conhece de sobejo.
"Vitorinos", "bota abaixo", destabilizadores", "críticos de café", "rebaixadores" de nível, "negativistas" e mais algumas acusações que me dispenso de citar.
O Vitória não é nada disso.
Sempre fomos uma massa associativa vibrante, apaixonada, aqui ou ali até excessiva, "única" na forma de sentir o clube mas nunca fomos um corpo amorfo e sem opinião.
Pelo contrário acredito que uma das razões da nossa grandeza foi precisamente essa capacidade de discutirmos sempre tudo que diga respeito ao clube ,ás suas equipas e técnicos e naturalmente aos seus dirigentes.
Tendo a capacidade de sabermos estar unidos no essencial.
Por isso tivemos durante muitos anos assembleias gerais com muitas centenas, ás vezes milhares, de presenças e com muitas dezenas de intervenções que levaram a debates intensos que ás vezes se prolongavam noite dentro e mostravam divergências profundas na apreciação de assuntos do nosso clube.
E no dia seguinte lá estávamos todos no estádio a puxar para o mesmo lado.
Isso é o Vitória.
Um clube "vivo" e com adeptos interessados e participativos no debate das suas questões!
Que sabem distinguir o acessório do essencial e apesar das divergências sabem que há sempre um tempo e um momento de convergir.
Assim foi, assim é e assim deve continuar a ser no futuro porque isso faz parte do nosso ADN e sem isso nunca seríamos como somos.
E nós, vitorianos, gostamos de ser assim
Por isso aqueles que, nuns casos por excesso de "zelo" e noutros por razões nada do interesse do Vitória, sonham em transformar a nossa massa associativa num "rebanho" obediente ao "pastor" e temeroso dos "cães de guarda" é melhor desistirem dessa absurda pretensão.
Dá muito menos trabalho, e serve muito melhor o Vitória, aprenderem a viver com as salutares divergências de opinião.
Estamos no século 21 e vivemos em democracia caso alguns deles ainda não tenham reparado.
Depois Falamos

11 comentários:

Anónimo disse...

Senhor, Luís Cirilo, concordo obviamente que todos nós temos direito em democracia de debater qualquer assunto e os assuntos do nosso vitória não foge à regra. Porém discordo da opinião que visam não mais do que criar instabilidade e criar algum frisom, e nesta circunstância não me cai muito bem a forma como se questiona os empréstimos sem percebemos toda a dinâmica dos empréstimos e perceber as circunstâncias dos mesmo, até é um bom assunto para debater com coerência e civismo ! Para mim como sócio desde que nasci 27 anos, para mim é inarravel aquilo que se passou e no tratamento que deram aos jogadores emprestado em especial Sami no estádio da Afonso Henriques... agora questiono o porquê desse tratamento?! Porque que surgiu?! E aí criticou, porque é o senhor tem um peso pela sua posição social e mediática na cidade e todos os seu comentários tem um peso muito superior à maioria dos vitorianos e aí deve ter uma maior contenção, porque criticar por criticar não ser vitoriano e muito mais de alguém que já pertenceu a uma direcção do clube!
Por isso aquilo que lhe podemos "exigir" é que não lance a confusão com poste no Facebook sem percebermos o objectivo, porque o seu conhecimento é certamente muito superior ao nosso no que diz respeito a organização por dentro do clube!
Cumprimentos.
Bruno Guimarães

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Serenamente, o Vitória (de Guimarães) continua em desenvolvimento.
Tranquilamente.
Próxima semana, mais uma loja Vitória no casco do Centro Histórico.
A fortaleza vitoriana viva.

JPO

cards disse...

Caro Luís Cirilo,

Corre pelos "mentideros" que o Vitória pode não competir na próxima edição da liga de Basquetebol porque não concorda com a proposta do Porto de aumentar de 3 para 6 o nº de estrangeiros por equipa e também pelo porto ter aliciado e "roubado" José silva jogador do Vitória.
Como adepto do Vitória sabe se é verdade se o vitória irá participar no próximo campeonato?

Anónimo disse...

Luis, um dos expoentes máximos de que quem não é por mim é contra mim, dissimulado na forma de quem não é pelas minhas ideias é contra o Vitória, é um ponto net em que os administradores e seus amigalhaços se enchem de dinheiro, protagonismo e outros esquemas à custa da pseudo-defesa do Vitória, em que usam todos os meios, que é como dizer escrocarias imundas e asquerosas, tais como ter uma multiplicidade de fakes para mostrarem ter muitos membros, criar barulho e confusão com a finalidade de obter mais aderência ao pontinho, ora para abater alvos incovenientes que cara a cara não conseguem enfrentar, influenciar inqueritos e votações supostamente democráticas, e também incitar ao ódio contra os que não partilham da mesma côr manipulando-os e usando para depois para sujar as mãos por estes "anti-cristos" que se detectam logo no inicio quando entram com discursos apaziguadores e de apelo à umião que eles desejam com muito poucos, para assim reinarem e perdurarem.
Estou inscrito nesse tal e não intervenho há anos porque me recuso a participar e concordar com ciladas a claques e adeptos adversários que em determinada altura pretendiam cruzar o centro da nossa cidade por ser o caminho menos demorado para quem sai de determinados pontos da cidade para se dirigir ao estádio, e por não ter que aturar as moreirezas de oportunistas ordinários que insultam mães dos outros, mandam para certos sitios degradantes como eles,fazem os mais diversos tipos de ameaças e atiram foguetes sempre no mesmo sitio, mas que depois quando são convidados a sair do covil para se responsabilizar por este tipo de atitudes, à falta de coragem e argumentos rejeitam usando todos os pretextos de que se lembram nessas alturas.

P.S. Os que não concordaram com a "calorosa recepção" foram expulsos e apelidados de marroqinos enviados como espiões pelo site super braga
P.s.2 Todos os sites de adeptos de outros clubes se podem ler sem ser necessária inscrição, porque lá não moram escondidos (porque não se esconde nada), teóricos da conspiração, desconfianças e desconfiados.

Chicote

Anónimo disse...

Sr. Cirilo será que o nosso treinador pode orientar a equipa no jogo de hoje?! Nunca mais saem as notas do curso.

luis cirilo disse...

Caro Bruno Guimarães:
Cada vez que escrevo no facebook ou aqui sobre o Vitória pondero o que vou dizer de forma especial. Precisamente porque sei da responsabilidade que advém do facto de já ter integrado os orgãos sociais do clube em quatro mandatos.
Não concordo com a leitura que faz quanto à forma como os vitorianos se pronunciavam quanto ao Sami nem tão pouco que isso tenha a ver com opiniões expressas nas redes sociais.A hostilidade tinha a ver, apenas e só, com duas coisas. O fraco rendimento e o não se perceber porque razão jogava sempre quando o tal rendimento não o justificava. E isso leva directo à questão dos empréstimos. De que os adeptos não gostam e que o clube não explicou devidamente. Já reparou que no site oficial quando se anuncia a chegada de jogadores nuns casos se diz a duração dos contratos e noutras se omite? A falta de clareza leva a suspeições escusadas.
De resto eu não critico por criticar nem sequer tenho gosto em formular criticas. Quando critico fundamento as minhas razões para criticar. Coisa que, curiosamente,alguns que me criticam não fazem. E não me estou a referir a si.
Caro JPO:
E fico bem contente com a abertura dessa loja. Há mais de dez anos que defendo uma loja no centro histórico. E por isso ...
Caro cards:
Claro que vai participar.
Pese embora o miserável comportamento do FCP no caso desse jogador nunca seria isso que desanimaria o Vitória. Bem pelo contrário.
Caro Chicote:
Muito nos conta.
Não quer/pode ser mais concreto?
Confesso que fiquei curioso. Especialmente sobre esse ponto net.
Caro Anónimo:
Ele esteve no banco

Anónimo disse...

Luis, como diria o tal de Palmela: "vocês sabem do que eu estou a falar" ;)

Chicote

luis cirilo disse...

Caro Chicote:´
Mas eu não me importava de saber mais...

Anónimo disse...

A loja do Vitória que vai ser gerida pela claque ?

luis cirilo disse...

Caro Anónimo:
Isso já não sei.
No Porto isso acontece