terça-feira, março 14, 2017

O Nosso 14

Estes jogos teoricamente mais fáceis são aqueles onde tradicionalmente o Vitória tem propensão para perder pontos que já se dão como certos.
Uma semana atrás tinha alertado aqui ,mais precisamente no último parágrafo do texto, para o risco de uma vez mais isso poder acontecer nos jogos com o Estoril e o Rio Ave embora nesse alerta não constasse (como podia?) a arbitragem profundamente tendenciosa de Tiago Martins.
Infelizmente uma vez mais, embora com fortes atenuantes, fomos o "pai dos pobres".
Individualmente:
Miguel Silva: Um jogo ingrato em que sofreu mais golos,sem responsabilidades próprias, do que teve defesas para fazer.
João Aurélio:Fica ligado aos dois primeiros golos estorilistas que surgiram na sua área de jurisdição. De positivo realce para o excelente passe para Marega no lance do segundo golo.
Josué: Não esteve mal mas no lance do primeiro golo estorilista também tem alguma responsabilidade.
Pedro Henrique: Teria sido uma exibição sem mácula não fora a forma como se deixou antecipar no terceiro golo do Estoril. Ainda assim manteve uma apreciável regularidade.
Konan: Mais uma boa exibição embora menos ofensivo que noutros jogos.
Rafael Miranda: Esteve entre o "80" (o golo) e o "8" a expulsão que comprometeu o resultado. Pelo meio mostrou estar a caminho da boa forma.
Celis: Uma exibição discreta longe dos níveis atingidos na jornada anterior.
Hurtado: Uma das melhores exibições da equipa com ponto alto na assistência para o primeiro golo.
Hernâni: Como habitualmente o grande dinamizador do ataque vitoriano com algumas jogadas a que só faltou aparecer um finalizador.Muito castigado com faltas perante a complacência do árbitro.
Marega: Um bom jogo do maliano com um golo num lance a seu gosto e mais duas claras oportunidades a que Moreira se opôs com classe. Parece estar de volta o Marega das primeiras jornadas.
Sturgeon: Muito esforçado,percorreu vários terrenos mas foi inconsequente.
Foram suplentes utilizados
Rafael Martins: Chegou fora de forma, com poucos minutos de jogo no Levante, e por isso está a fazer uma quase pré temporada. Marcou o seu primeiro golo e pode ser um trunfo importante para o que resta de temporada.
Tozé: Entrou para reforçar o meio campo em termos ofensivos mas nos vinte minutos em que jogou esteve discreto. A sua ingénua expulsão ajudou a comprometer o resultado.
Zungu: Entrou ,com o Vitória a vencer, para dar consistência ao meio campo face à prevísivel reacção final do Estoril. Ninguém supunha, a começar por ele, é que três minutos depois ficaria "abandonado" na intermediária após a expulsão dos dois colegas de sector. Ajudou a defender até onde foi possível.
Não foram utilizados:
Douglas, Prince, Texeira e Raphinha

Melhor em campo: Marega

Foi um resultado desolador, na linha de outros obtidos nos jogos caseiros, que impediu o Vitória de chegar ao quarto lugar em igualdade pontual com o Braga.
Nada está perdido, como é evidente, mas também se sabe que cada vez há menos tempo para rectificar maus resultados pelo que a equipa terá de se concentrar nos objectivos e eliminar alguns fenómenos, como a indisciplina, que estão a prejudicar o seu desempenho.
Domingo, frente ao Rio Ave, é daqueles jogos "manhosos" face à valia do adversário mas que é imperioso vencer.
Depois Falamos.

7 comentários:

Pedro Silva disse...

Concordo com tudo ou quase, mas não posso deixar de dizer que embora goste muito do Miguel, ele é mal batido no segundo golo do Estoril e penso que no terceiro devia ter-se lançado à bola, pareceu confiar um pouco no golpe de vista! De qualquer forma um jogo ingrato é uma arbitragem muito má! Cumprimentos!

luis cirilo disse...

Caro Pedro Silva:
No segundo golo o remate é muito difícil porque vai para uma "morta" como se diz na gíria futebolistica. No terceiro nem o Mnauel Neuer o defendia. Há repetições que mostram que a curva da bola tornava impossível a defesa. Claro que o Miguel podia ter-se atirado para a fotografia mas o resultado era o mesmo

Saganowski disse...

Car Luís,

E mais uma vez, aquilo que eu disse aqui (https://www.blogger.com/comment.g?blogID=25802489&postID=8708806194636605659&bpli=1) relativamente ao Miguel Silva estar na porta de saída do Vitória está confirmado (https://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=660060). Infelizmente, temo que saia a preço de saldo no fim desta época, como é costume com esta SAD do nosso querido Vitória!

Além disso, o jogador dos Juniores Alex parece já estar "apalavrado" com o "Desportivo de Carnide" por uns largos anos. Estou para ver quais as contrapartidas financeiras e/ou quem é o coxo que o "Desportivo de Carnide" vai mandar para cá...

Quanto ao nosso 14, destaques para Marega (estará finalmente de volta o Marega que conhecemos no início da época?), Rafael Martins (pelo 1º golo no Vitória) e Hernani (pela carga de pancada que levou, sem castigo).

O Presidente fez bem em ir à Sala de Imprensa.
Aquilo do "contra tudo e contra todos" fica bonito como soundbyte (como ele referiu), mas tem de haver comportamentos consequentes por parte da SAD. No tempo de outro senhor, por esta altura, já tinha havido reuniões com a Liga, com a Federação e muitos outros "soundbytes" nas rádios e nas tv's... Sem nada disto, daqui a uma semana, já ninguém se lembra do que se passou. Vale uma aposta???

luis cirilo disse...

Caro Saganowski:
Fez bem em ir à sala de imprensa concordo.
Pena foi não ter dito uma palavra sobre a arbitragem do jogo.
Ou seja não foi lá fazer nada de realmente util

Saganowski disse...

Caro Luís,

De facto teve audiência imediata, pois a comunicação social estava lá.
no entanto, a forma de passar a mensagem é que não deu, infelizmente, tanto nas vistas como se pedia que assim fosse numa situação destas.
Mas antes isso que nada.

Saganowski disse...

Relativamente ao negócio do jovem Alex, que parece já estar apalavrado com o "Desportivo de Carnide" por 5 épocas, eu apostava que vamos receber miúdos da B do Benfica em troca.
Senão, como se explica que Lúlio Mendes tivesse sido visto ontem na bancada do Seixal durante o Benfica B - Portimonense ao lado de Rui Vitória? Visita de cortesia? Não me parece!

luis cirilo disse...

Caro Saganowski:
A CS estava lá. mas o assunto não se tornou assunto.
Quanto ao Alex esperemos para ver. Por principio acho um disparate vender juniores.