domingo, fevereiro 28, 2016

A Azia de Ronaldo

Correram mundo as declarações de Ronaldo depois da derrota caseira com o Atlético de Madrid (venceu pela terceira vez consecutiva no Bernabéu para o campeonato!!!) em que de alguma forma responsabilizava alguns colegas pelo insucesso e até pela previsível não vitória na Liga.
Posteriormente veio retractar-se, com justificações um bocadinho inconsistentes,mas o mal estava feito.
Ronaldo não podia ter dito aquilo.
Mas percebo bem a azia do genial jogador português.
Porque embora não pudesse dizê-lo, por razões tão evidentes que me dispenso de as explicar, a verdade é que tem razão.
O plantel do Real Madrid é desequilibrado entre grandes estrelas (poucas) como Ronaldo e Bale, estrelas (não muitas) como Benzema, James , Kroos e Modric e jogadores de qualidade mas cujo valor está longe desse núcleo essencial e que nas falhas destes fazem com que a equipa se ressinta.
Tudo porque o RM tem um presidente que se acha o centro do madridismo, contrata jogadores mais por razões de marketing e direitos de imagem do que por necessidade desportiva, e não consegue estabilizar um plantel nem dar continuidade aos treinadores.
E daí a azia de Ronaldo.
Que foi para o Real Madrid para ganhar títulos individuais e colectivos, que anda com a equipa às costas há vários anos, mas não consegue ver o seu esforço e talento acompanhado pela conquista dos troféus que julgaria possíveis num clube daquela dimensão.
E à frustração dos títulos colectivos perdidos vai-se juntando a dos troféus individuais que são influenciados pelos colectivos como é o caso da "Bola de Ouro".
Ronaldo tem 31 anos.
É um super atleta com condições físicas excepcionais que lhe permitirão jogar a alto nível mais cinco ou seis anos.
Tem a idade de outro génio chamado Andrés Iniesta.
O problema é que os outros super talentos do Barcelona ( Messi, Neymar e Suárez) são todos mais novos e Ronaldo já terá intuído que o panorama dos próximos anos, os últimos da sua carreira, dificilmente serão diferentes dos anteriores.
O Real vai ganhar este ou aquele titulo, ele este ou aquele troféu individual como a "bota de ouro" , mas a hegemonia em Espanha (e na Champions) vai continuar a ser do Barcelona e nos troféus individuais de Messi...ou Neymar.
E Ronaldo merece mais e melhor do que esse panorama.
Hoje por hoje Ronaldo é demasiado bom para "este" Real Madrid que não merece que tão genial jogador continue a ver o seu talento desperdiçado por uma equipa que raramente está à sua altura.
E por isso a "cura" para a azia dificilmente deixará de passar por uma saída no final de época.
Para Manchester ou para Paris como hipóteses mais prováveis.
Por mim...ia era para o Barcelona.
Mas infelizmente não me parece possível.
Depois Falamos.

P.S. E há outro factor que pesará cada vez mais na ponderação de Ronaldo sobre o futuro.
Ele sabe que no Real Madrid há muito boa gente (até na administração)que convive muito mal com o facto de o melhor jogador da História do clube ser...português.
E essa injustiça é das que dói.

Sem comentários: